Jogo do Bicho logo

As superstições mais famosas do mundo

Superstições famosas: garota olhando no espelho quebrado

Quem nunca bateu na madeira para evitar um acontecimento ruim ou sentiu um friozinho na barriga ao conversar sobre fantasmas?

Seja você supersticioso ou não, estamos rodeados de objetos, costumes e crenças atribuídas à sorte e ao azar.

Mesmo com origens antigos e, às vezes, injustificadas, as superstições sobrevivem até hoje, na era da informação e da ciência avançada.

Muitas delas são conhecidas em todo o mundo. Outras são puramente locais. Confira agora as superstições que não se limitaram nem ao tempo e nem ao espaço e são hoje as mais famosas do Brasil e do mundo:

Não lavar a “roupa da sorte”

Começamos a nossa lista com uma das maiores superstições brasileiras. Entre muitas outras crenças populares, o hábito de não lavar a roupa que se está usando em um bom momento é, com certeza, uma das mais famosas.

Por isso, lembre-se bem da roupa que você estiver usando der sorte no Jogo do Bicho em ou em loterias.

O dever de pegar moedas na rua

Existem superstições folclóricas, como algumas das próximas de nossa lista, mas outras são mais “lógicas”, de um certo ponto de vista.

Se você está apostando no Jogo do Bicho, é certo que está tentando ganhar um dinheiro extra, não é? Por isso, não dê as costas ao dinheiro… nunca!

Pelo menos é o que acreditam algumas pessoas supersticiosas no Brasil, que se sentem obrigadas a abaixar para pegar qualquer moeda que encontrarem na rua, nem que sejam de 1 centavo.

Bem… não custa nada. Na pior das hipóteses, você fica 1 centavo “mais rico”.

O número do azar: Treze

Não por acaso, muitas coisas tidas como ruins são atribuídas ao número 13. Talvez a mais famosa seja a própria sexta-feira 13, mundialmente conhecida como Dia do Azar.

O 13 por si só é considerado o número da má sorte na maioria das culturas do mundo.

Não se surpreenda se você visitar algum prédio no exterior e descobrir que o primeiro andar após o 12º, é o 14º. Ou que arquitetos tenham se recusado a construir edifícios com 13 andares e lances de escada com 13 degraus.

O medo do número 13 é tão famoso pelo mundo que existe até mesmo uma classificação de fobia para descrever o pavor ao número 13: a triscaidecafobia – boa sorte ao tentar pronunciar esta palavra. 

Será que no Jogo do Bicho o 13 também é o número do azar?

Estrela cadente

A superstição de fazer um pedido ao ver uma estrela cadente é uma das mais antigas de que se tem conhecimento.

Nas civilizações antigas, acreditava-se que os deuses desciam à terra e, quando cruzavam o céu, esbarravam em uma ou outra estrela. Isso era capaz de derrubar as estrelinhas mais frágeis.

Ou seja, já que os deus estavam de passagem por essas bandas, por que não aproveitar e fazer-lhes um pedido?

Vai fazer sua fezinha no Jogo do Bicho amanhã? Fique de olho no céu esta noite para não perder a oportunidade de pedir um favor aos deuses.

Abrir um guarda-chuva dentro de casa

De acordo com a superstição, se você abrir um guarda-chuva dentro de casa você está pedindo que a má sorte chova em você.

Uma possível explicação para isso vem da época em que guarda-chuvas eram usados como proteção contra o sol: abri-los um dentro de casa, então, representava um insulto ao deus do sol, que puniria os ousados com a má sorte.

Outra teoria – um pouco mais “realista” - afirma que essa superstição teve início no século XX, quando surgiram os guarda-chuvas feitos em aros de metal. Como nesta época eles eram maiores e mais rígidos do que os temos hoje, se abertos dentro de casa poderiam provocar vários acidentes domésticos.

Depois de vários acidentes domésticos com o objeto, o guarda-chuva passou a ser associado ao azar quando aberto dentro casa.

Por via das dúvidas, alguns dias antes de jogar no Jogo do Bicho, se estiver chovendo, deixe o guarda-chuva fora de casa!

Varrer casa nova com vassoura nova

Esta superstição não é tão famosa no Brasil, mas é bastante popular pelo mundo. Se você se mudar para uma casa (ou apartamento ou escritório) novo, muita atenção antes de começar a limpeza: NÃO varra seu chão novo com uma vassoura nova sem antes ter trazido um pouco de sujeira para dentro.

Sim, essa é bem esquisita, mas tem lá sua lógica: um chão novo, teoricamente, ainda não está sujo, certo? E uma vassoura nova também deve estar limpa, não é? Assim, como não há sujeira para ser varrida, o que você acaba varrendo para fora da sua casa? A sua boa sorte!

Entendeu? Então já sabe: suje um pouco o chão da casa nova antes de varrer, ou use uma vassoura velha. Aí sim, sua sorte estará sã e salva.

Pé de coelho

Esta famosa superstição é também uma das mais antigas das que se tem conhecimento.

Há indícios que remontam o uso do pé-de-coelho como amuleto de sorte desde o século VII a.C.

O coelho era visto como um animal de sorte nas caçadas e, para que esta sorte fosse passada ao homem, ele deveria matar o coelho com um tiro, amputar seu pé esquerdo e carregá-lo consigo.

Em qual parte de toda esta história o coelho tem boa sorte, hein? Coitadinho!

Bater na madeira

Bater na madeira, ou simplesmente dizer "bate na madeira" depois de dizer algo é uma superstição bastante conhecida pelo mundo, mas que tem propósitos diferentes, de acordo com a região.

Ao dizer algo negativo, mas que ainda não aconteceu, você deve bater na madeira para que o destino não se inspire em suas palavras e torne sua trágica declaração em realidade.

Acredita-se que a expressão vem de uma antiga crença de que bons espíritos viviam em árvores. Portanto, bater em algo de madeira é como pedir um “socorro” a estes espíritos. 

Quebrar um espelho

Sim, 7 anos de azar. Esta famosíssima superstição surgiu do fato que os povos antigos acreditavam que os espelhos sugavam a alma de quem refletia sobre ele e a mantinham ali, capturada e amaldiçoada.

Então imagine quando alguns desastrados quebravam este místico objeto capturador de almas? Os tais 7 anos de azar, claro. E por que 7?

Alguns povos antigos consideram que a vida humana acontecia em ciclos de 7 anos. Ou seja, sua maldição duraria por todo um ciclo de vida.

Os últimos anos da sua vida não foram lá de muita sorte? Tente lembrar se você quebrou um espelho no passado e comece a contagem regressiva para o fim dos 7 anos!

 “Saúde!” ao espirrar

Pensava que dizer “saúde” quando alguém espirra era uma questão de boa educação?

Isso se consolidou como cortesia social com o passar dos anos, mas essa tradição é, na verdade, uma das superstições mais famosas do mundo.

A origem desse hábito é do papa Gregório, o Grande, que criou o costume de dizer “Que Deus te dê saúde” às pessoas que espirravam, durante a época da peste bubônica na Europa. Com o tempo, a expressão se tornou “Saúde” no Brasil, e “Deus te abençoe” nos países de língua inglesa.

Nesta época também se acreditava que durante um espirro, o coração parava de bater momentaneamente, e que nestes segundo a alma abandonava o corpo.

Por isso desejar que Deus abençoe quem espirrou ou que lhe dê saúde, também era uma maneira de “chamar” a alma de volta para o corpo.

Trevo-de-quatro-folhas

Este famoso amuleto é talvez o símbolo mais antigo e universal de boa sorte e fortuna. Ao encontrar um trevo-de-quatro-folhas você deve colocá-lo dentro de seu sapato ou então comê-lo para “pegar” a boa sorte que ele transmite.

Em algumas culturas o trevo é conhecido por também trazer sorte no amor. Ao comer um trevo-de-quatro-folhas, seus “poderes” são ativados dentro de você e a próxima pessoa que você encontrar em seu caminho será seu futuro amor!

Ou seja, se você encontrar um trevo-de-quatro-folhas, pense muito bem em onde e quando você o comerá!

Palma da mão coçando

Fácil: dinheiro no bolso! Esta é considerada a superstição mais famosa do mundo, e a ideia geral é que sentir coceira na palma da mão quer dizer desejo por dinheiro ou uma pessoa gananciosa.

Há ainda algumas variações: algumas pessoas acreditam que, se a palma da mão direita coça, significa que você vai perder dinheiro; enquanto que se a palma da mão esquerda coça, significa que o dinheiro está vindo em sua direção.

Seja como for, a palma de sua mão está coçando? Ótimo sinal para tentar a sorte no Jogo do Bicho!

São apenas superstições ou realmente têm algum papel na sorte ou no azar?

Opiniões divergem e cada um acredita no que quiser, com base em sua própria história de vida. Mas como o melhor é prevenir do que remediar, guarde esta lista com você para quando você precisar daquela mãozinha da sorte!

E, claro, se você acredita em superstições que não foram incluídas nessa lista, não hesite: cuidado nunca é demais!

 

Boa sorte!

 

Atualizado em 03 de Setembro de 2018.

↶ Voltar às notícias